BACALHAU BASTA

03-03-2013
Vania Leal Cintra - minhatrincheira@uol.com.br
Já disse aqui que gosto muito da série “NCIS”. Não perco um único capítulo.
 
Mas por que seria tão importante acompanhar essa série? Para poder saber como alguém de verdade, de uma Marinha de verdade, de um Estado de verdade, pensaria e agiria. É bonito. Juro a vocês que é um bocado bonito.
 
É tão bonito quanto é feio isso tudo que vemos aí embaixo. Que é medonho. É horroroso.
 
Mas há quem ache bonito. Não há? Há, sim, porque, se ninguém achasse bonito, nada disso aconteceria. Ou, caso acontecesse, no mínimo alguém se interessaria por saber e já saberia se era de bronze ou era de cobre a coisa roubada e em que dia teria sido roubada.
 
Como não temos um “NCIS”, nem temos … … em nossa realidade, se a coisa era de cobre ou de bronze, tanto faz como tanto fez.
 
E para que navio, se bacalhau nos basta? Tudo isso não é do mar?
 
Pois é, ora.
 
————————————————-
 
 
FERNANDA ALVES
Ficheiro:1º Distrito Naval Armazem do Sal.jpeg
 
Rio – A Marinha informou nesta sexta-feira que peças de bronze de um dos seus arsenais foram roubadas.
O material foi retirado por ladrões de dentro do Primeiro Distrito Naval, na Praça Mauá, na Região Portuária do Rio.
De acordo com a Marinha, o crime aconteceu durante o Carnaval, mas ainda não foi confirmado o dia exato.
Os marinheiros não informaram também o valor dos ítens roubados.
O material de cobre seria para construção de navios.
Um inquérito interno foi aberto para apurar se houve participação de militares no roubo.
 
Permitida a reprodução total ou parcial desde que citados autor e fonte.
®2003 - 2018 www.minhatrincheira.com.br / www.minhatrincheira.com.br todos os direitos reservados.